Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Empregar bem o tempo

por Pedro Boucherie Mendes, em 15.02.13

O desemprego oficial não para de aumentar. Ainda que a economia paralela possa estar a amparar algumas destas pessoas, nenhum país decente aguenta este nível de desemprego. Também porque o desemprego é muito mais que não ter um rendimento fixo previsível. O desemprego é degredo interior, isolamento, depressão, exclusão e incapacidade de se poder cumprir com as mais básicas, elementares e merecidas aspirações, como oferecer um presente a um filho. Tão grave como o presente é o futuro, porque, como o Governo sabe, e como a Oposição também sabe, o desemprego veio para ficar porque resulta da falência do paradigma baseado no consumo interno. As pessoas estão desempregadas, porque as outras pessoas (digamos assim) não têm dinheiro para ir às lojas, restaurantes, hotéis, clínicas de emagrecimento ou para pagar festas de aniversário para os seus filhos com guloseimas, bolos e palhaços. Isso era bom e acabou e acabou igualmente com imensos empregos. A conclusão não é nenhuma a não ser a constatação óbvia e evidente que qualquer problema está mais capaz de ser resolvido se partimos de uma base verdadeira. Todos, ou seja quem tem emprego e quem não tem, precisa de se habituar a viver em verdade e com a verdade. Temos de nos deixar de viver em ambiente de reunião de condomínio. Como esta questão das faturas que tanto anima tanta gente e que não é para ser levada a sério. Mas da mesma forma que o imbecil que se lembrou de policiar quem pede fatura deve voltar para a sua carteira e pensar no que fez, também quem aproveita para se indignar por tudo e por nada deve fazer a mesma coisa. Porque se a medida está errada, o princípio está certo. Temos mesmo de ter um estado que funcione e consiga cobrar impostos, para que cobre menos impostos individualmente, para que sobre mais dinheiro a cada um e a cada empresa, para que cada um e cada empresa consiga estar e procurar uma sociedade mais justa e portanto onde mais pessoas têm emprego e podem dar o seu tempo por mais bem empregue. 

 

Pedro Boucherie Mendes

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:32





Últ. comentários

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...