Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Democracia da cenoura

por Pedro Brinca, em 30.04.14

Estão quase a realizar-se as eleições para o Parlamento Europeu. Não é preciso ter grandes capacidades divinatórias para adivinhar que vão ter uma elevada abstenção.

 

Os trabalhadores da Amarsul, empresa que faz a recolha do lixo nos municípios da península de Setúbal, decretaram greve para o início deste mês de Maio. Dias 30 de Abril e 2 de Maio, mais propriamente. Não é preciso ser bruxo para perceber que vai contar com uma enorme adesão.

 

É que os sindicatos já perceberam que, por muito meritório que seja o motivo da contestação, é preciso acrescentar sempre algo de mais apelativo. E um fim-de-semana prolongado de cinco dias é uma boa motivação para fazer greve.

 

Talvez fosse bom aprender alguma coisa com esta estratégia e começar a agendar os atos eleitorais para os dias de semana, com direito a faltar ao emprego mediante justificativo do dever cívico cumprido.

 

No fundo, é o que se faz com as dádivas de sangue. Muitos só colaboram para poderem ganhar uns dias de descanso. E foi essa a solução encontrada recentemente para que os contribuintes cumpram os seus deveres fiscais, com o sorteio de um automóvel.

 

Votar ao domingo implica trocar o lazer pelo dever e a tal ninguém está disposto. Vamos lá montar uma democracia com o engodo da cenoura na ponta da vara. De palas nos olhos, lá se cumprem as obrigações, ainda que pelas razões erradas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:32





Últ. comentários

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...