Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O “relatório FMI” terá conseguido a proeza de, em muito pouco tempo, ter conseguido inspirar muitas mais páginas do que ele próprio tem. Mas, de facto, a cada dia que passa, somos maravilhados com novas reverberações desta preciosidade.

Se, na semana passada, me espantava e indignava o “pedido”, pouco depois, era já a “encomenda” que me indignava e espantava.

Assim, nunca é demais afirmar: é atentatório, é desonesto, todo o processo em torno do relatório do FMI.

Olhando para a premeditação da manipulação dos dados fornecidos ao FMI(e baseio-me no domínio da Educação, área que melhor conheço) parece-me notória a intenção do Governo não só de justificar uma ação com base em pressupostos conscientemente errados, como de ludibriar o povo português. Tal desonestidade é uma violação do próprio juramento que publicamente assumiram na sua tomada de posse. Políticos assim, que desonram o seu cargo e os seus concidadãos, devem demitir-se.

A menos que tenham agido por ignorância e que este rosário de dados que se ajustam a determinadas conclusões não tenham sido consciente e criteriosamente escolhidos.

Contudo, podemos mudar a motivação, que o resultado final será o mesmo: seja por desonestidade seja por incompetência, este Governo deve demitir-se.

 

 Fátima Inácio Gomes

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:28





Últ. comentários

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...