Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Hoje Cavaco Silva falará ao país

por Helena Freitas, em 10.07.13

Hoje Cavaco Silva falará ao país. Um discurso dispensável para apoiar uma decisão conhecida; uma declaração que confirmará um governo que é resultado de uma declaração irrevogável de um Ministro de Estado. Um governo que é afinal também dispensável, como atestam bem os tranquilos dias que vimos tendo sem governantes, e a própria atitude das instituições europeias, que já assumem um governo “que ainda não é”. É o “tanto faz” dos nossos dias.  Na azáfama noticiada da última semana, até se esqueceram da bolsa, dos juros da dívida (só contou as 24 horas necessárias ao arrependimento de Paulo Portas), de Vítor Gaspar e dos demais ministros de um governo falhado.  

 

Os próximos dias serão novamente de agitação, mas desta vez de exultação a um governo velho que se finge novo. Vão “vender-nos” generosamente os perfis dos novos ministros, fazendo esquecer rapidamente os velhos. E nó seguiremos atentamente o folhetim, que tal como qualquer outra novela, dissimula amores e intrigas.

 

Por mais algum tempo....o tempo necessário para que o PSD perceba o “sarilho” em que se meteu, entregando o comando da frágil embarcação a um timoneiro que só veleja nos ventos da traição. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:04


1 comentário

De carlos a 12.07.2013 às 13:33

Não sou comunista, já não sou social democrata e muito menos centrista ou socialista! Também não sou anarca nem monarca! Sou por Portugal!
Não entendo como é que Cavaco Silva é o PR 20 anos depois da falta de democracia que mostrou quando era 1º ministro! Não entendo a decisão dos Portugueses terem votado neste Sr! Não entendo como é que os Portugueses, desde 1974, continuam a meter no governo, sociais democratas, coligações de sociais democratas e centristas ou governos socialistas! Mudam os governos mas continuam a ser sempre os mesmos! E o estado da nação é o que se vê! Quando aparece um homem ou uma mulher com vontade de mudar o estado da nação ou morre de acidente de avião ou é "morto" pelo seu próprio partido ao que chamo homicídio politico partidário! Os Portugueses ainda não repararam que não importa o partido mas sim quem está à frente do mesmo! Que até nos partidos existem "mafias" e que a génese desses partidos nada têm a ver com a situação actual desses partidos porque a ideologia politica primordial há muito que se desvaneceu! Acreditar em políticos? Só se Deus o for! Viva Portugal! Viva o 25 de Abril!

Comentar post





Últ. comentários

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...