Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




PS Hula Hoop`s

por Nuno Vaz da Silva, em 02.07.13

Ao contrário da maioria dos analistas, considero que o PS se encontra numa conjuntura politica mais negativa do que o PSD. Apesar de registar algumas subidas em sondagens e de haver algum desconforto interno dentro do PSD sobre determinadas medidas do Governo, o PS não tem motivos para comemorar.

1-      Em primeiro lugar, a agenda política é desfavorável para o PS. Estamos em ciclo de eleições autárquicas, a que se seguirão, em 2014, as eleições europeias. O bom senso politica e algumas regras eleitorais desaconselham que existam eleições legislativas entre estes dois períodos. Ou seja, mesmo que as eleições autárquicas corram muito mal para o PSD e que a discussão do orçamento seja um desastre, isso não significa que haverá uma crise no Governo e que o Presidente da República decida dissolver a assembleia, convocando novas eleições.

2-      Em segundo lugar, mesmo na eventualidade de existir uma crise politica ou uma clivagem estrutural dentro do Governo, a verdade é que o PS não teria margem da troika nem capital politico interno para promover novas politicas, definir reformas estruturais e dinamizar o país. As regras que somos obrigados a seguir não permitem grandes alterações ao Memorando de Entendimento e as condições orçamentais do país continuam débeis.

3-      Em terceiro lugar e como consequência dos dois pontos anteriores, o PS não tem interesse em ser Governo nesta conjuntura. Se o fosse, teria de seguir as mesmas políticas, com rostos diferentes mas num cenário de pós crise politica que traria mais austeridade e arruinaria as bases do seu apoio social.

Assim, o PS sobrevive numa espécie de hula hoop politico, ora reclamando a demissão do Governo, ora defendendo entendimentos alargados. Este jogo politico tem como objectivo não deixar fugir o seu eleitorado para partidos mais à esquerda e acima de tudo manter o papel de partido da oposição que assim prefere ficar.

Mas esta táctica politica é ineficiente do ponto de vista da construção democrática. O hula hoop político é o expoente máximo da demagogia porque não promove a criação de novas propostas nem a discussão de argumentos.

O Partido Socialista, tal como está, não mais pode desejar do que fazer parte de um eventual futuro Governo de coligação alargada, uma espécie de Governo de Salvação Nacional, em conjunto com PSD e CDS.

Mas a política segue linhas descontínuas e difíceis de prever. Os imponderáveis sempre foram determinantes para o rumo democrático e assim continuarão a ser. Até às eleições autárquicas nada mudará e, se estas não forem uma hecatombe para o PSD e, se o Governo melhorar a comunicação politica, então teremos Governo até, pelo menos, meados de 2014.

O país tem a ganhar com isso ... e o PS também!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:14





Últ. comentários

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...