Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Nelson Mandela: um herói do mundo livre

por Helena Freitas, em 26.06.13

Nelson Mandela está hospitalizado e mantém um estado de saúde muito crítico. O primeiro Presidente negro da África do Sul tem 94 anos, e a sua saúde acusa agora os efeitos de um longo e sofrido cativeiro na prisão de Robben Island.

 

As notícias que vão sendo públicas, mostram bem a crescente angústia dos sul-africanos, e anunciam o fim próximo deste homem extraordinário e singular, a quem carinhosa e respeitosamente chamam de Madiba. Mas não é apenas a África do Sul que sente o desaparecimento de Nelson Mandela. Com a partida deste homem que se tornou uma referência incontornável do mundo livre, um herói da luta contra o apartheid e prémio Nobel da Paz, deixa-nos um ser humano que tocou o coração de todos pela defesa intransigente dos valores humanos mais nobres, que ele tão bem soube expressar em momentos críticos da história do seu país e do mundo.

 

As memórias que guardo das suas intervenções públicas quando presidia aos destinos da África do Sul, levam-me a prestar-lhe hoje uma homenagem simples mas sentida; o tributo de uma cidadã oriunda de um país que tem fortes laços com a sua África.

 

Não é possível deixar de evocar aquele momento em que ele espreitou finalmente o caminho de uma liberdade conseguida depois de um penoso cativeiro. Quando se poderia antecipar alguma (justa) revolta e indignação em relação àqueles que lhe roubaram anos de vida, Nelson Mandela exprime a plenitude de uma sabedoria ao alcance de muito poucos, declarando o seu desejo de perdoar o passado e unir o povo sul-africano. A tranquilidade do seu carácter, a afabilidade genuína das suas palavras, revelam um homem de coração grande e de inteligência superior.

 

Impossível omitir a genialidade do seu acto (que viria mesmo a ser argumento para um conhecido filme), quando vestiu a camisola da equipa sul-africana de rugby - desporto que até então simbolizava neste país o apartheid - e decidiu assistir a uma final do campeonato do mundo da modalidade, compreendendo que este gesto simbólico poderia acrescentar força à sua capacidade para unir o povo sul-africano. É esta a maior virtude de Madiba, e que estará presente e bem viva nos novos tempos: o seu gesto de amor perdurará e continuará certamente a unir a África do Sul.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:08





Últ. comentários

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...