Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Vai um copo de 3?

por Duarte Victor, em 15.03.13

A febre das redes sociais não retirou o impacto que a blogosfera tem nos internautas. Desde 1997 que blogues e bloguistas formam uma espécie de comunidade que não abdica desta forma extraordinária de se manterem ligados através de texto, imagens e links recheados de ideias e informação. Desde comentários ou notícias sobre um assunto em particular aos diários online, é na interação que proporciona o contacto direto entre autores e leitores e nas facilidades de comunicação que oferecem, que reside o sucesso desta ferramenta.
Numa das minhas incursões por este universo tão vasto, fixei-me numa frase lapidar no blogue sobre vinho e de vinho sobretudo, Copo de 3 (http://copod3.blogspot.pt); Os vinhos se bem feitos, são inconfundíveis, qualquer que seja a região onde se produzam. Verdade irrefutável.
João Pedro Carvalho é engenheiro do ambiente e seu autor, um dos primeiros eno-carolas a surgir como Blogger da causa vínica. Copo de 3 representa tudo aquilo que um blogue tem de melhor. Com uma escrita fluente, de comunicação fácil e opinião abalizada, leva qualquer leigo a entrar, sem dificuldade, no mundo dos vinhos. Cada post é uma aventura, quase poética, pela degustação deste precioso néctar. Os vinhos que descreve e avalia surgem como parte da uma memória enófila e de um carinho que tem pela arte da produção e tratamento do vinho. É um blogue de opinião especializada com um cunho muito pessoal.
Sobre o que escreve refere: gosto de escrever sobre vinhos, gosto de os provar e de formular um texto à volta de um copo de vinho e difundir esse mesmo texto de opinião pelas várias ferramentas que tenho à minha disposição, o blogue é apenas mais uma delas, a era do social média veio para ficar.
Com uma evidente preocupação didática, faz uma introdução à prova do vinho, essencial para qualquer iniciado nos caminhos de Baco, salientando bem a diferença entre provar e beber. Depois leva-nos a conhecer a cultura do vinho e aquilo que é a sua génese, as castas e a sua diversidade. Ao ler os seus posts depressa nos apercebemos que, como ele próprio sugere, nos vinhos como na vida há uma coisa que todos temos de saber ter, paciência. E sapiência também.
Os vinhos são como os homens: com o tempo, os maus azedam e os bons apuram. Cícero

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:23





Últ. comentários

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...