Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Quem não tem partido...fala de quê?

por Helena Freitas, em 01.02.13

Tive direito a este comentário por parte de um militante de um partido, quando ousei comentar a recente decisão de António Costa, não se candidatando à liderança do Partido Socialista.

 

É um comentário revelador da forma como são muitas vezes indesejadas as vozes independentes nos partidos políticos, a acaba por reflectir um sentimento bem mais generalizado do que se possa pensar.

 

Defendo o dinamismo, a abertura e a credibilidade dos partidos políticos para a vitalidade da democracia, mas as vozes independentes hoje tornam-se uma ameaça crescente, porque têm a força de uma sociedade mais esclarecida, e que facilmente recorre aos novos meios de organização e de eficácia política. Hesitei, mas acabei por lhe responder: quando não se tem partido, gozam-se as virtudes da democracia!

 

Helena Freitas

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:36





Últ. comentários

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...