Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O Estado é de todos!

por Helena Freitas, em 21.01.13

A manipulação ideológica dos últimos tempos tem a sua expressão mais simbólica na ideia de clivagem do Estado. O discurso é subliminar mas impõe-se, e nem nos apercebemos. Reserva-se a necessidade do Estado para a sobrevivência dos mais pobres, que só é possível graças à "generosidade" dos ricos. No Estado ficam os menos capazes e os indigentes.
O Estado vai-se assim resumindo a uma função protectora dos mais pobres, e a sua função social é afinal a caridade consentida pela bondade dos ricos. O Estado deixa assim de ser de todos, e todos deixamos de ser o Estado. Esta é a mensagem mais perversa de uma ideologia que vai corroendo a democracia enquanto extermina o Estado social.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:48





Últ. comentários

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...

  • silva

    A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...